sábado, 11 de setembro de 2010

A maestria

Em querer bem e proporcionar àqueles que julgares capazes de sentí-lo. É bem dito que nós espelhamos o que percebemos e bem verdade que nos permitimos perceber tudo que nos envolve: amor, paixão, alegria, tristeza, humildade, mau humor. Porém, também é fato que nós podemos abstrair sentimentos mesquinhos quando o que buscamos é relativamente simples e grandioso ao mesmo tempo.
Vivamos as sensações que podemos para só assim poder reparar as danosas e apreender os gozos do cotidiano.


Cores, imagens, cores, imagens, cores, imagens, cores.

Por: Ana Paula Morais


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um beijo pelos dedos que aqui escrevem, um Queijo pelo suspiro aqui postado.