quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Respire-se

Deixe sentir seu calor, sua vibração, seu cansaço, sua euforia e seu coração. São eles que te movem e te permitem à mudança, às reações, às sensações. Procure aquilo que te faça ferver diariamente. Seja uma música, a letra de alguém, a respiração ofegante depois da caminhada, o beijo mordido de uma paixão, um copo de café, um "Bom dia", o acordar, o envelhecer... E  corra. Corra para o que te estremece. 
Os abalos sísmicos favorecem à resistência. 
Seja amor, seja luz, seja paz. 
Faça. 
Ponha. 
Queira. 
Viva. 


Não tema sentir comigo.


Por: Ana Paula Morais








Um comentário:

  1. Flor adorei teu cantinho, super amavél, voltarei sempre beijos meus levo te comigo...

    ResponderExcluir

Um beijo pelos dedos que aqui escrevem, um Queijo pelo suspiro aqui postado.