terça-feira, 2 de novembro de 2010

Silencie

Quando de fato, queremos "apagar" algo da nossa memória, por qualquer que seja o motivo, é preciso constantemente e fundamentalmente silenciar sobre ele.


Silenciamos, portanto, aquilo que nos convém.  

Por: Ana Paula Morais

Um comentário:

Um beijo pelos dedos que aqui escrevem, um Queijo pelo suspiro aqui postado.