quinta-feira, 21 de junho de 2012



"O amor não prende, não aperta, não sufoca. Porque quando vira nó, já deixou de ser laço."

Quintana