terça-feira, 29 de maio de 2012

Montagem

Hoje eu queria ter um sorriso de um palhaço,
fazer chorar, sorrir em contrários,
pregar uma peça, falar bem da vida,
ter amigos, usar roupas coloridas,
pra disfarçar o peito, a dor nas costas,
o frio da alma.

Ser picareta, fazer pirueta, cair,
embolar, fazer rir até chorar.

Queria bestagem de criança,
correr, pintar o sete,
colorir o asfalto, pra só assim,
apagar as lágrimas que eu senti,
apagar o ser que habita em mim.

Por Ana Paula Morais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um beijo pelos dedos que aqui escrevem, um Queijo pelo suspiro aqui postado.